Entregabilidade de e-mails: o que é e como melhorá-la

Entregabilidade de e-mails: o que é e como melhorá-la
29 de dezembro | Outros | Impactamídia |

Quando um e-mail é enviado, espera-se, que, instantaneamente aconteça a abertura da mensagem por parte do destinatário. Entretanto, existe uma série de acontecimentos pela internet para que a entrega deste e-mail seja possível. 

O caminho é o seguinte: o remetente envia sua mensagem, o servidor do remetente codifica o e-mail e transfere suas informações para a internet, após isso o servidor do destinatário recebe o pedido de entrega da mensagem e realiza uma série de verificações quanto à autenticidade do remetente e sua reputação. E, por fim, se tudo correr bem o e-mail é entregue (seja na caixa principal ou na caixa de spam). 

Agora, daremos três passos importantes para que os seus e-mails tenham uma maior entregabilidade. 

  1. Levante dados históricos sobre a suaentregabilidade

 Os provedores de email querem garantir uma boa experiência para seus usuários e, por conta disso, criaram processos e sistemas que ajudam a regulamentar o uso desse canal.  

Embora essas questões pareçam complexas e desestimulantes, quem atende a todas elas podem obter um ótimo retorno do email marketing. 

  1. Verifique a reputação do seu IP

Dependendo das configurações da sua ferramenta de automação, seu IP pode ser compartilhado ou dedicado. 

IPs compartilhados são aqueles que disparam e-mails de diversas empresas, enquanto os dedicados são exclusivos de quem os comprou. 

Para facilitar a identificação de remetentes de spam e melhorar a experiência dos usuários, todo IP possui uma pontuação chamada de reputação. Esse número varia de 0 a 100 e quanto maior, mais confiável é o remetente da mensagem. 

  1. Fique atento ao nível dee-mailthrottling 

Alguns provedores de internet limitam a quantidade de e-mails que aceitam de um determinado remetente durante um período de tempo. Se você tentar disparar mensagens acima desse limite, o ISP rejeitará seus e-mails, resultando em um grande número de retornos. Essa recusa em entregar a mensagem é temporária e geralmente se resolve em até 72 horas. 

E, por fim, como você pode notar, os provedores de e-mail querem garantir uma boa experiência para seus usuários e, por conta disso, criaram processos e sistemas que ajudam a regulamentar o uso desse canal. 

Embora essas questões pareçam complexas, quem atende a todas elas pode obter um ótimo retorno do e-mail marketing! 

Você ficou com dúvidas? Entre em contato conosco! 

Compartilhe este artigo em suas redes: